terça-feira, 31 de dezembro de 2013

FELIZ 2014!!

Pessoal que me lê por aqui, uma passagem rápida apenas para desejar um lindo fim de ano e que 2014 chegue com tudo e tenhamos força, foco e fé sempre para alcançar todos os nossos objetivos, mesmo que haja barreiras no caminhos e que nos falte motivação em alguns momentos, meu desejo é que possamos reconhecer é que o mais importa não são nossas falhas,mas nossa determinação em recomeçar e tentar novamente sempre que preciso!!!

Retirado do Google Imagens

Que vejamos nossa dificuldade com humor em 2014, sem desanimar, por que elas são altamente superáveis, basta querer!!
Bem vindo 2014! O ano de um novo corpo em uma novamente, novamente!!

FELIZ ANO NOVO  TODOS!!!

sexta-feira, 20 de dezembro de 2013

Saldo: janeiro a dezembro (2013) - Fim de um prazo

Em janeiro de 2013, por volta do dia 20, criei esse blog e falei sobre minha meta de emagrecer neste ano.
A meta era chegar até os 55 kg e estabeleci um prazo que acreditei ser mais que suficiente para alcançar o peso que queria.
Acontece que me descuidei dos meus objetivos no meio do caminho, fiquei achando que ainda dava tempo e deixando pra depois... Até que não dava mais...
E aí que hoje, dia 20 de dezembro de 2013 exatamente, é o fim do prazo. 
Entre os dias 20 de janeiro e 20 de dezembro onze meses se passaram e eu não alcancei minha meta, mas como disse antes, porque eu me deixei de lado.



O gadget que ficou na contagem regressiva durante esse tempo chegou ao zero. Não faltam mais dias para o fim do prazo.
Mas o fato é que isso não é o suficiente para me desanimar agora que estou motivada novamente. A imagem do contador é mais uma que vai ficar apenas na história deste blog. Não pretendo mais estabelecer prazos para o alcance das minhas metas.
Tenho objetivos, e vou correr atrás deles, mas sem prazos para isso. Emagrecer, manter-me magra e mais saudável é de certa forma uma nova maneira que eu estou encarando minha vida, o que eu quero para o meu futuro, e isso não pode ter prazos, pois é uma nova forma de encarar a vida - e eu quero viver bem além do que qualquer prazo estabelecido...
Enfim, é isso. 
Não foi possível em 2013, mas sem deixar a peteca cair. 
Sigo na busca de um novo corpo, em uma nova mente, novamente e quantas vezes necessário for... Essa é a ideia!




terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Blog em obras

Boa tarde, caros leitores.
Como devem ter percebido, andei dando uma mexida no design do blog. 
O plano de fundo continua o mesmo. Até tentei mudar, mas no final das contas, vi que ele foi o que mais estava relacionado à minha busca por um novo corpo, numa nova mente, novamente. O movimento da água da imagem me traz uma ideia de leveza, de pureza, de purificação. E é mais ou menos isso que tem passado na minha mente nesta busca pelo emagrecimento. Emagrecer não tem que ser o fim único visado, mas uma consequência de uma vida mais saudável. Pretendo escrever melhor sobre isso em outro post...
Mas continuando a falar sobre as mudanças no blog, estou prestes a alterar o conteúdo da página "Na balança", mas mesmo sendo o conteúdo dela até então não tão agradável, não é fácil me desapegar.
Por isso resolve fazer este post para compartilhar as alterações de peso até aqui, quer dizer, até dia 29 de novembro de 2013, quando oficialmente começou minha nova pesagem.

Segue então as flutuações na balança até aqui...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------

(Janeiro/2013)

Quero emagrecer, mas também quero ganhar massa muscular, e sei que isso vai contar no que eu vou ver na balança. Mas de qualquer maneira, quero compartilhar aqui a quantas andas a busca pela meta em si, não apenas o processo.
Então vamos lá!



LEGENDA
Peso Inicial
Ganho de Peso
Manutenção do Peso
Perda de Peso 



17/jan - 64,4 kg
21/jan - 64,5 kg
28/jan - 64,5 kg
08/fev - 64,5 kg
07/mar - 65,5 kg
19/mar - 65,8 kg
19/abr - 66,1 kg
26/abr - 66,1 kg (Vivamil - grupo)
21/mai - 66,6 kg   
24/mai - 66,7 kg (Vivamil - médica)
26/jun - 65,7 kg (Vivamil - Grupo)
26/jul - 66 kg (Vivamil - médica)
28/ago - 64,7 kg (Vivamil - Grupo)
25/set - 66 kg (Vivamil - Médica)
24/out - 66 kg (Vivamil - Grupo)
29/11 - 66 kg (Avaliação Física)
06/12 - 67,3 (Vivamil - Médica)



terça-feira, 10 de dezembro de 2013

Felicidade é...

... você começar a sentir que uma de suas calças já não está tão apertada, mesmo que a balança ainda não mostre os números que você quer ver!!!

Retirada do Google Imagens
Não, não sou eu na imagem, nem a calça está folgada assim. Ela simplesmente só não está me apertando a ponto de incomodar, como estava há poucos dias atrás...
SIM, EU POSSO E VOU CONSEGUIR!!
Força, foco e fé!!!

terça-feira, 3 de dezembro de 2013

Hora de suar a camisa!

Como havia dito antes, voltei para a academia!!!
Estou feliz por isso, e mais importante, motivada.
Claro que dá aquela preguicinha, algumas desculpinhas começam a vir à mente, mas aí o anjo bom logo me lembra que NO PAIN, NO GAIN! Se eu quiser ver a diferença, eu tenho que fazer a diferença.
Se eu apenas fizer 30 minutos de esteira, já estarei fazendo melhor do que nada...
E nos três dias que já fui (quinta, sexta e ontem, segunda), fiz mais que só esteira. Nestes 3 dias, em dois, eu fiz aula de spinning (quero escrever melhor sobre isso depois...)
Ontem foi K2 Cycle.
Posso dizer que nunca suei tanto na minha vida.
Comecei a aula com aquela preguiça, mas ver o quanto vc está suando, é bem motivador viu...


quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Nova Mente, Novo Corpo - Novamente

Pessoal que me lê, há pouco tempo escrevi um post em que falei sobre as mudanças à vista neste blog.
Pois bem, estou colocando em prática esses meus planos aos poucos. 
Um exemplo disso é a página Metas e Recompensas, que antes era apenas Minhas Metas. Antes pensava apenas na minha meta final, os 55 kg, mas agora percebo que não vou perder 11 quilos se não perder um de cada vez, e que ter uma recompensa (além de emagrecer), me deixa ainda mais motivada para correr atrás do meu objetivo.
Como minha forma de encarar meu emagrecimento tem mudado um pouco, essas atualizações são mais que necessárias. E, um pouco triste por isso, também vejo que preciso mudar o endereço eletrônico do blog.
Até então, o endereço era MaisMagraEm2013. Pois bem, isso não aconteceu e o 2013 já está na reta final.
Como não quero ficar carregando a lembrança de que não fui bem sucedida em um objetivo, assim como minha mente se abre em novos caminhos, já a algum tempo que venho pensando em um novo nome para o blog, quase que um brainstorming.
E eis que hoje, assim de repente, esse novo nome chegou, e está completamente de acordo com o momento.
Senhoras e Senhores, o novo endereço eletrônico deste meu canto agora é http://novocorponovamente.blogspot.com.br/ - A busca por um novo corpo em uma nova mente.
De repente me caiu a ficha de que não quero apenas mudar meus hábitos para emagrecer. Não quero uma busca cega por um corpo magro. Quero mudar meus hábitos para ter uma vida mais saudável, e por consequencia, um corpo mais magro e em sintonia com a mente... E isso me faz querer mudar mais coisas do que eu realmente planejava no blog... Mas vamos com calma...
Mudar o endereço da página já me fez perder a lista de blogs que eu leio, então alguns ajustes precisam ser feitos antes que outros maiores entrem em cena.
Mas é isso pessoal. 
Encontrei o novo nome, e por medo de perde-lo nesse mundão virtual nosso, já o atualizei e agora compartilho com vocês.
Espero que tenham gostado!

Inté!

sábado, 23 de novembro de 2013

PENSE MAGRO - Pensamentos Sabotadores

No meu penúltimo post falei sobre a minha retomada da leitura do livro Pense Magro.
Pois bem, continuo lendo-o e hoje vou escrever um pouco sobre os Pensamentos Sabotadores.
São estes benditos que, principalmente, acabam com a nossa busca por um corpo mais saudável e magro.
Complementando a postagem anterior sobre este assunto, nossos comportamentos são precedidos por pensamentos. Os pensamentos sabotadores são aqueles que nos levam a agir de forma disfuncional; são, então, aqueles que nos levam a sair da dieta e de uma rotina saudável.
Os pensamentos sabotadores tornam a nossa escolha por uma vida mais saudável muito mais difícil, e alguns exemplos no caso da dieta dados pela Judith Beck são bem comuns:
  • Pensamentos sabotadores te incentivam a comer, te dão permissão, racionalizando seu comportamento; 
  • Pensamentos sabotadores minam sua autoconfiança, te fazem achar que não adianta continuar tentando, pois não vai conseguir emagrecer (só porque teve uma falha);
  • Pensamentos sabotadores te autorizam a desconsiderar os conselhos dados no livro, e te fazem pensar que não precisa de realizar uma determinada tarefa;
  • Pensamentos sabotadores aumentam seu nível geral de estresse (tipo a birra da criança quando a mãe não compra aquela bolacha no supermercado).
A boa notícia é que a gente pode aprender a ter controle sobre nossas decisões que influenciam a dieta.

Se você puder identificar os estímulos que provocam os pensamentos 
sabotadores e que o levam a comer de maneira adequada, você poderá minimizar 
sua exposição a eles ou mudar a forma de enfrentá-los (p. 35).

Segundo a J. Beck, comer começa comum estímulo, que pode ser tanto ambiental, como biológico, mental, emocional e/ou social. Por isso é preciso prestar atenção nos estimula a comer para que alguns padrões de comportamento possam ser identificados e alterados. Nesse sentido, é preciso saber diferenciar o que é fome, sede, desejo e desejo incontrolável.

Retirado do Google Imagens
Nos últimos dias tenho tentado observar meus pensamentos e comportamentos com relação à dieta. Realmente, muitoooos sabotadores.... Sabe aquele anjinho mau que fica te dizendo, "vai lá, come, é só hoje, só isso não vai fazer diferença...", então, quando a gente tenta emagrecer é que a gente percebe a força que ele tem, e lutar contra ele é tão tenso, que às vezes a gente desiste e come logo aquela lasanha e aquela super sobremesa... Mas depois a gente fica triste...
Sem pensar na balança, se o resultado do pensamento, o comportamento de comer nos deixa triste, é porque há algo de disfuncional nessa relação e sendo assim, algo deve mudar.
Confesso, não é nenhum puco fácil, mas eu estou tentando... Já estou há 29 dias sem chocolate e refrigerante... Tem dias que da vontade de se jogar no chão como a criança do supermercado, mas não sou eu mesma quem está no controle disso tudo aqui? O que eu quero é isso? Então, tenho que ser forte...

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

ACADEMIA, eu voltei!

"(...) 
Tudo estava igual como era antes,
Quase nada se modificou
Acho que só eu mesmo mudei,
E voltei
Eu voltei, agora pra ficar,
Porque aqui, aqui é o meu lugar
Eu voltei, pras coisas que eu deixei,
Eu voltei, eu voltei 
(...)"

O PORTÃO - Roberto Carlos




terça-feira, 19 de novembro de 2013

Retomando: Pense Magro - A teoria por base

Olá pessoas que me lêem.

Nessa minha nova onda de motivação, retomei a leitura do Pense Magro. Quer dizer, pela "sei-lá-quanto" vez, eu recomecei a ler o livro.
Apesar dos momentos em que eu desejei pular a leitura por já saber o que ia ser dito, é sempre bom reler a parte introdutória do livro, que explica as bases teóricas do programa, pois depois as 42 tarefas propostas fazem mais sentido.
Pois bem. Há quase um ano atrás comecei a ler este livro, a fazer as tarefas, mas parei justamente quando tava ficando 'interessante', no dia 12 - Pratique a tolerância à fome. 
Relendo apenas o título de alguns dias pelos quais passei posso perceber que não estava fazendo direito, e isso talvez se deva à força dos pensamentos sabotadores em prol do músculo da desistência - estes termos são constantemente utilizados no livro.

Daí você me pergunta: Mas do que se trata o livro exatamente? É uma nova "dieta da moda"?
Embora o título do livro seja "PENSE MAGRO - A DIETA DEFINITIVA DE BECK", não, não é dieta. A autora, Judith Beck, não te diz o que comer, mas como pensar para que uma dieta funcione e ocorra a perda de peso.

O livro se baseia na abordagem de psicoterapia desenvolvida pelo Aaron Beck, pai da autora, chamada Terapia Cognitivo-Comportamental (que é a abordagem com a qual eu, enquanto psicóloga, me identifico).
Segundo esta teoria, nossos pensamentos influenciam nossas emoções e o nosso comportamento. Por exemplo, estou com fome (estímulo), quando passo na frente de um McDonald's (estímulo); eu penso "nossa, estou com fome, poderia comer um lanche desses", só de pensar nisso, já sinto a satisfação de comer o lanche que mais gosto e então eu decido comer.
O que a autora propõe no livro é que devemos mudar nossa forma de pensar para conseguirmos sair do "Ciclo da Engorda", em que os sentimentos nos levam a comer, que nos levam a outros sentimentos, que nos levam a comer de novo, e já que eu comi, começo a dieta amanhã, e a academia na semana que vem... e assim vai...
Portanto, voltando ao exemplo, o proposto é que temos que mudar a forma de pensar para emagrecer: "estou com fome, mas como quero emagrecer, não devo comer lanches", ou "logo adiante há outro restaurante com comidas bem mais saudáveis".

Resumindo bem resumidamente, o livro te diz que para emagrecer você deve pensar como uma pessoa magra. Só de escrever isso, o pensamento sabotador me vem à cabeça: "Falar é fácil né, quero ver fazer!"... Realmente, não é fácil, e é por isso que são propostas 42 tarefas diárias para que a pessoa saiba lidar com as dificuldades que surgem, e inclusive, se preparar antecipadamente para enfrentá-las.
Eu ainda não recomecei as tarefas. Estou no segundo capítulo, que ainda explica a abordagem-base.
Mas quero escrever muito mais sobre isso, pois além de motivada, sinto que meu pensamento já vem mudando e já está um pouco mais magro (!!!!), além de ser a abordagem Cognitivo Comportamental a que eu acredito.

Pensando magro, até mais!



quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Mudanças à vista

Retirado do Google Imagens
Olá caros leitores deste blog.
Estou escrevendo este post para falar um pouco sobre minha intenção de fazer algumas mudança no blog.
Quando criei esta página, meu objetivo era falar sobre uma meta que estabeleci para mim mesma em 2013.
Bom, não precisa terminar o prazo para eu saber que ela não foi cumprida, muito pelo contrário, já que ao invés de perder, eu ganhei peso. E não é porque o prazo inicial está acabando (dezembro/2013) que eu vou desistir daqui e pronto, acabou. NÃO!



É por isso que as mudanças já estão em mente e por isso que escrevo esta postagem. Quero deixar guardado um pouquinho de como é isso aqui, pra quando ele estiver diferente (tá, nem vai mudar tanto rs).
A primeira coisa é tirar o widget do lado esquerdo que fala do decorrer do prazo estipulado. Não preciso dele logo na primeira página me dizendo que eu falhei. Não é esse o sentimento atual.
Sim, poderia estar bem melhor já, mas o mais importante é que eu não desisti, e por isso estou motivada a dar uma atualizada no blog, nas páginas deles, nas minhas metas, nos meus estímulos...
Outra coisa que já quero fazer faz tempo é finalizar a página do Vivamil Emagrecimento. Como já escrevi antes, tem gente que chega aqui por isso, mal lê o que escrevo lá e nos post e fica fazendo perguntas que eu já nem respondo mais. Comecei a escrever sobre isso para tirar a dúvida de quem, assim como eu, não sabia do que se tratava. Mas esse não é o objetivo principal do blog, então acho que com o que eu escrevi já deu pra entender o que é.
Por último, o endereço do blog também deverá ser atualizado né, já que http://maismagraem2013.blogspot.com.br estará completamente obsoleto daqui 48 dias apenas, em 01 de janeiro de 2014...Ainda estou pensando em um novo endereço...

Bom, é isso.
Logo mais  coisas novas vão aparecer por aqui.
Até logo!

sábado, 9 de novembro de 2013

Para reflexão


Sabe aquela máxima muito utilizada no mundo fitness, "No Pain, No Gain"?
Então, estou refletindo sobre mim mesma, meu corpo, minha saúde, meus desejos e minhas metas... A conclusão disso tudo é NO PAIN, NO GAIN!
A dor, no caso, não é só física, mas de todo o preço que temos que pagar para conseguir atingir nossos objetivos. Até quem leva a vida de forma fácil, passando os outros para trás por exemplo, até esses pagam um preço...
Como é então que as coisas vão se realizar para mim se eu não me mexer, não mudar alguns hábitos, não estiver disposta a gastar um pouco, etc???

NO PAIN, NO GAIN, ÉRIKA...

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Números na balança

Daí estou eu aqui no trabalho, logo após o almoço, pensando nas coisas que quero fazer, como voltar logo à academia, me focar, ter mais determinação.... E aproveitar os minutos que restam do horário de almoço para retomar a leitura do Pense Magro, quando a moça da ginástica laboral chega com uma balança moderna pedindo para fazer umas medidas. 
Aquela hora da verdade.... Ah, tudo bem - eu aceito. 

Retirado de Google Imagens

Eis os números:

PESO: 66,3 kg
IMC: 24,7 - considerado normal, mas a partir de 24,9 é sobrepeso 
Gordura corporal: 34,1% - considerada sobrepeso pela minha idade e por ser mulher
Água: 49% - abaixo do necessário




Definitivamente, preciso fazer algo por mim logo.
Quanto mais demorar, mais difícil vai ser de alcançar meus objetivos...
=(

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Voltando... De novo...

Olha eu aqui outra vez!!!
E... nossaaaa, já faz mais de dois meses que não posto??? Meu Deus....
Mas acho que isso reflete bem o que to passando.. Estou um pouco desanimada. Não desisti dos meus objetivos, mas nesse momento estou me sentindo completamente fora de foco.
Não estou fazendo exercícios, não estou seguindo à risca a dieta proposta pela equipe de nutrição do Vivamil... Como posso emagrecer assim? Difícil né?!?!
Ontem assisti à matéria do Medida Certa do Fantástico e me senti mal comigo mesma. Por que não estou correndo atrás dos meus objetivos? Preciso voltar.
Tenho sentido dor nas costas, não tenho dormido tão bem... E tudo isso se intensificou com o ganho de peso
Acontece que tem acontecido tanta coisa, são tantos objetivos de vida nesse momento, desejos de montar estratégias para conseguir alcançar tudo isso, mas na prática, nada. Tá uma confusão de ideias, como num post de maio que publiquei.
Mas o importante é que eu não desisti.
O que preciso é me estruturar melhor, me organizar, até mesmo para me motivar.
E isso tb se aplica ao blog. To sentindo vontade de fazer algumas pequenas alterações nele, e nisso entra a intenção de não mais escrever tanto sobre o Vivamil. Acho que já deu para entender o que é o programa. E alguns comentários que tenho recebido têm me desmotivado a falar sobre isso. O povo nem lê o que ja ta escrito e faz perguntas...Perguntas do tipo "Vc conseguiu perder peso?". Poxa, há uma aba no blog sobre isso, há um desenhinho com meu peso do lado esquerdo da página... Ou seja, a pessoa sequer se deu ao trabalho de observar os itens da página...
Não vou simplesmente não falar mais sobre isso, mas sim falar sobre coisas novas, não do que já disse antes.
Mas e o tempo pra tudo isso?

Bom, assim como encontrei pra escrever esse texto, bem simples, talvez até meio confuso, aos poucos as coisas vão acontecendo.
Assim eu espero!!

Bjs pra quem me lê e me acompanha!

Boa sorte para nós!

terça-feira, 30 de julho de 2013

Impressões Vivamil - Grupo em 26/06 e Consulta em 26/07

Desde junho que estou devendo um post comentando sobre o que achei da última sessão em grupo que participei. E olha que desde então já participei de novo. Mas antes tarde do que nunca, então vamos lá!!

No dia 26/jun/2013 participei da minha segunda sessão em grupo. Como já descrevi na página sobre o programa, foi uma palestra sobre Fibras.
Deu para entender melhor como as fibras agem no nosso organismo e como isso ajuda no emagrecimento, e a importância de sua ingestão em conjunto com bastante água.
No dia a sala tava cheia. Era um dia de frio.
Teve a pesagem ao final. Fiquei feliz por perder alguns poucos quilogramas rsrs
Mas confesso que não foi muito legal não.
Saber da importância das fibras todo mundo sabe um pouco, ver que perdeu pouco peso e que teve gente bem melhor que também não é lá aquele estímulo não é verdade... Basicamente, foi uma palestra e conferência do peso, e só.
Acho que a falta de estimulo à interação e troca de experiências entre os participantes foi mais uma vez um ponto que eu gostaria que melhorasse, que enriqueceria o encontro, e que seria mais motivador para todo mundo...

Já no dia 26/jul/2013, foi minha segunda consulta com a médica.
Mais uma vez, gostei do encontro. 
Médica agradável, que mesmo detectando o seu ganho de peso, não te trata mal, e, pelo contrário, pela forma como fala, te estimula a continuar tentando.
Ela me perguntou o porquê do peso não ter se alterado muito e eu logo desabafei rs
Falei quase de uma vez as minhas dificuldades: quando vejo um alimento que me parece gostoso, muito dificilmente não consigo resistir à tentação, além das vezes que como porque estou triste ou alegre. E isso acontece com doce, massas, e tantos outros alimentos calóricos. E pra piorar, a falta de ânimo para as atividades físicas.
Ela então me receitou um medicamento que vai ajudar contra essa ansiedade que me faz comer. Achei interessante, pois já ouvi relatos sobre como os remédios que ajudam a controlar a ansiedade também ajudam, por consequência, a emagrecer. Mas por ser ele um antidepressivo, confesso que estou meio na dúvida (eu psicóloga, não se esqueçam). Mas o remédio já está em casa.
Eu gosto tanto dessas consultas individuais que acho que elas deveriam acontecer com mais frequência, não só a cada dois meses.
Já que dentro do grupo sua participação é individual...


sábado, 20 de julho de 2013

Por que comer é tão bom?? kkkkk

Vi no Facebook e não resisti.... kkkk



Se a maioria das pessoas gosta tanto de comer, a seleção natural já deveria ter dado um jeito de a gente não engordar quando como né?!?! kkkkkk

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Dedicado ao público do blog

Olá pessoas que leem meu blog. Hoje eu vim falar um pouco sobre vocês também.
Faz mais de um mês que não publico novos posts aqui. Isso é só um reflexo de quão motivada estou para meu projeto de emagrecimento...
Mas mesmo que não haja novos posts, estou sempre respondendo aos comentários que são feitos - o que acontece principalmente na aba do Vivamil Emagrecimento.
Desde que comecei a escrever sobre esse programa do Grupo Amil, cresceram bastante as estatísticas do blog. Criei o blog em janeiro e em menos de seis meses depois já são mais de 5 mil visitas a ele... E os comentários são cada vez mais frequentes desde que a Fernanda Pires resolveu comentar pela primeira vez, em 5 de junho. Isso tem sido muito legal viu pessoal!
Agora imagina como eu fiquei contente quando os homens começaram a comentar também!!!! O primeiro foi semana passada, e de lá pra cá já foram três!! Isso mesmo, homem tem que se cuidar também!
Ontem, a Mariana Querubim me perguntou sobre a perda de peso... Confesso que eu li o comentário e não respondi na hora pois não foi fácil dizer que o que perdi é provável que já tenho ganho de novo. Mas é ai que entra a importância da participação de vocês aqui.
Quando iniciei o blog, minha ideia era justamente essa, a troca de ideias. Compartilhar com outras pessoas com os mesmo objetivos o processo de emagrecimento - ônus e bônus - como forma de não perder o foco, ou perdendo, voltar a ele.
Agora há pouco respondi à pergunta da Mariana, e olha eu aqui, num novo post, pensando na minha meta, em atualizar algumas coisas no blog e em novas formas para poder interagir com vocês..
Retirado do Google Imagens

Por isso eu só posso dizer OBRIGADA!!!


Continuem comentando, pois a participação de vocês é muito importante não só para mim, mas também para todas as outras pessoas que por aqui passam.
E comentem, não só na página do Vivamil, mas também os posts de temas variados, alguns também sobre o programa de emagrecimento. Ok?! 

Abraços!

quinta-feira, 13 de junho de 2013

DIETA Vivamil Emagrecimento

Na semana passada, dia 04 de junho, eu recebi por e-mail um cardápio para a perda de peso e algumas orientações mais propostas pelas Equipe de Nutrição do programa Vivamil Emagrecimento da Unidade Avançada - Hospital Vitória.
Pensei que fosse receber essa proposta de dieta apenas no final do mês, quando na sessão em grupo com a nutricionista, mas ela já veio por email, pouco menos de duas semanas depois de eu entregar o questionário de estilo de vida preenchido para a médica.
Também pensei que fossem aparecer na proposta alguns alimentos que não gosto, coisas que não tenho costume de comer e tal, mas eu me enganei mais uma vez.
Não é nada difícil ou complicado. Coisa ou outra eu não tenho o hábito ou o alimento não agrada o paladar.
Já disse em algum momento em outro post deste blog que não sou é minha intenção ficar compartilhando o que como ou mesmo a dieta proposta para mim, pois penso que lendo o que alguém escreve, outra pessoa possa pensar que aquilo é totalmente válido para ela. Na verdade, o que eu vejo por ai muitas vezes são refeições que, por exemplo, não satisfariam a mim. Cada um tem uma forma de funcionar e por isso que eu acredito que a dieta seja bem pessoal também, mesmo que seja nutritiva.
No entanto, apesar do que acabo de dizer, vou compartilhar aqui a dieta recebida dentro do programa Vivamil Emagrecimento (ressaltando que a proposta pode ser nutritiva, mas vale a pena a consulta de cada um com um nutricionista).
Mudei a formatação do arquivo para facilitar a compreensão aqui no blog. Como se verá, a maioria das refeições, como café e almoço, deve conter mais de um tipo de alimento, e para cada um deles, há possibilidades de substituição (ou).
Vamos lá:

***********************************************************************************

DIETA ÉRIKA - MAIO/2013 

Retirado do Google Imagens

Café da manhã (06h30)
Ø      2 fatias de pão de forma integral ou 2 fatias de pão light ou 3 torradas integrais/light  5 biscoitos cream cracker integral ou 1 xícara de cereal matinal integral (Nesfit ou Corn flakes)
Ø      1 colher (sobr) de requeijão light ou 1 colher (sopa) cottage ou 1 colher (sopa) de creme de ricota ou 2 pontas de faca de margarina light ou 1 fatia de queijo branco ou 1 col. (sobr) geléia light
Ø      1 xícara (200ml) de Leite desnatado  ou 1 copo de iogurte light ou 1 copo de leite de soja light
Ø      1 xícara de café ou chá
Ø      3 a 5 gotas de adoçante ou um sache

Lanche da manhã (10h00)
Ø      1 unidade de Iogurte Light + 1 colher sopa aveia ou 1 fruta ou 1 caixinha de suco de soja light ou 1 barra de cereal

Almoço (13h00)
Ø      Salada crua à vontade: alface, rúcula, agrião, acelga, espinafre, repolho, endívia, rabanete, pepino, tomate
Ø      1 colher (servir) de verdura/legumes cozidos: Abobrinha, abóbora, chuchu, brócolis, couve-flor, couve-manteiga, vagem, cenoura, beterraba, repolho, acelga
Ø      1 filé (médio) de filé de frango grelhado ou 1 filé de peixe grelhado ou 1 filé de carne vermelha magra grelhada ou 1 colher (servir) de frango, peixe ou carne assada ou cozida sem molho ou ½ lata de atum light ou omelete de 1 ovo
Ø      2 colheres (sopa) de feijão ou 2 colheres (sopa) de grão de bico ou soja ou ervilha ou lentilha
Ø      4 colheres (sopa) de arroz integral ou 1 colher (servir) de macarrão integral ou 3 colheres (sopa) de purê ou 1 batata (pequena) cozida/assada
Ø      100 ml de gelatina light ou 1 fruta

Lanche da tarde (16h00)
Ø    3 biscoitos gergelim + 1 caixinha de suco soja light ou Iogurte light + 1 colher (sopa) de granola light ou 4 cookies Jasmine integral + 1 xícara de chá com adoçante ou 1 copo de vitamina (leite desnatado + fruta) ou 1 copo de salada de frutas

Jantar (19h30)
Ø      Salada crua à vontade: alface, rúcula, agrião, acelga, espinafre, repolho, endívia, rabanete, pepino, tomate
Ø      1 colher (servir) de verdura/legumes cozidos: Abobrinha, abóbora, chuchu, brócolis, couve-flor, couve-manteiga, vagem, cenoura, beterraba, repolho, acelga
Ø      1 colher (servir) de peixe assado ou 1 filé de frango grelhado ou 1 filé de carne vermelha magra grelhada ou 1 colher (servir) de frango ou carne assada ou cozida sem molho ou 1 omelete ou ½ lata de atum light
Ø      1 fruta ou 100 ml de gelatina light

Ceia (21h00) - Se necessário
Ø      1 xícara (200ml) de Chá com adoçante ou 1 copo de suco de frutas sem açúcar

**********************************************************************************

ORIENTAÇÕES PARA A PERDA DE PESO 
  • MASTIGAR bem os alimentos;
  • Se alimentar de 3 em 3 horas, para evitar o gasto de energia através de massa magra (músculo);
  • PREFEFIR preparações assadas, grelhadas ou cozidas sem molho. Fritura não traz benefício para a sua saúde.
  • PREFERIR os carboidratos (arroz, macarrão, pão, bolacha, torrada, bolo) integrais; Além de fornecerem energia, promovem saciedade e diminuem a absorção de gordura e açúcar;
  • EVITAR doces: balas, chocolates, doces de compota, chicletes, pirulitos, bolos recheados, pães recheados, bolacha recheada; Os mesmos são ricos em açúcar. Em excesso, aumentam a circunferência abdominal;
  • PREFERIR queijo branco aos amarelos pois este possuem mais gordura e mais sódio (sal), que ajuda a reter líquido, aumentando o peso;
  • EVITE refrigerante e bebidas alcoólicas;
  • EVITE ingerir líquido junto com as principais refeições, pois a digestão e absorção de nutrientes importantes para a perda de peso fica prejudicada;
  • BEBA no mínimo 2 litros de água por dia; assim controlamos a hidratação e temperatura corporal;
  • Associar um plano alimentar balanceado aos exercícios físicos regulares, aumenta e melhora a qualidade de vida.
**********************************************************************************

Nada muito difícil nem tão novidade assim né, cá entre nós...
Gostei! rs

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Rapidinha

Nos últimos dias ando meio desanimada para postar aqui no blog.
Ideias não me faltam, mas quando começo a escrever, dá uma espécie de cansaço. Nisso, já são 5 rascunhos esperando uma maior disposição..
Resolvi escrever brevemente aqui só pra dizer que eu sempre aqui, não desisti...
Volto logo!

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Desapegue-se: geralzão

"Eu hoje joguei tanta coisa fora
Eu vi o meu passado passar por mim
cartas e fotografias, gente que foi embora
A casa fica bem melhor assim"

(TENDO A LUA - Os Paralamas do Sucesso)




Roupas que saíram do guarda-roupa

Uma das gavetas, arrumada e fácil de abrir

terça-feira, 4 de junho de 2013

Me exercitando em casa

Hoje eu comecei a fazer exercícios em casa...
Como a velha ergométrica está com problema, o jeito foi recorrer ao Youtube. 
Digitei "Exercícios Aeróbicos" e fui pesquisando...
Sei lá porque, me interessei pelo 50' Taebo Cardio Circuit 2, que é o vídeo a seguir:


Achei interessante por ser bem completo. Quer dizer, eu não sou especialista, mas em pouco tempo que fiz, senti que foi o suficiente para mexer com vários músculos do corpo, como os da cintura e posterior da coxa.
Ah, sim, não consegui fazer a série toda, mas acho que os 21 minutos que fiz já foram muito bons, pois fez aumentar o ritmo dos batimentos cardíacos e me fez suar pra caramba... Poderia dizer que era verão pelo calor que eu tava... e sede...
Como infelizmente não consegui acompanhar o ritmo e terminar o vídeo, então procurei outras coisas no Youtube... Acabei me divertindo com os vídeos de Dance Central. Não é um Xbox de verdade, mas dá para queimar algumas calorias kkkkkk


Da próxima vez quero tentar o tal Taebo novamente, mas num nível mais fácil, que eu já dei uma olhadinha e tem vídeo disponível rsrs

Bora queimar caloria e perder peso!!!


(Não) Desapegue-se: Roupas de academia

Este post também faz parte da série "Eu arrumei meu guarda-roupa e me desapeguei de algumas peças". Mas na realidade, ele é um pouco diferente.
Arrumando um certa gaveta, me deparei com uma boa quantidade de roupas que eu comprei na época em que ainda fazia academia:


Pra minha maior tristeza, há pelo menos três peças que sequer foram usadas... Em janeiro deste ano me dei o direito de comprar roupas novas para malhar como forma de me auto estimular a ir à academia, mas não funcionou. Eu saí de férias e voltei com menos vontade ainda. Resultado disse é roupas novinhas sem uso...
Mas a maioria aí já foi usada sim (ufa).
Como disse no começo, diferentemente do que foi descrito no outro post "desapegue-se", eu não me desfiz e nem vou me desfazer destas peças de roupa por enquanto. Pretendo usá-las logo menos. Não na academia, mas em casa mesmo. 
Aliás, eu ainda não comecei uma atividade física em casa (mau), mas já estou com algumas ideias para isso... Mas isso já é assunto de um outro post...

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Desapegue-se: Calças

Conforme escrevi no último post, aproveitei o feriado para dar uma organizada no guarda-roupa, o que significou tirar algumas varias peças de roupas. Hoje, especificamente, vou falar sobre as calças. 
O guarda-roupa tava que não cabia mais calças. Puxava um cabide, e vinham outros juntos por conta do aperto (só uma observação, divido quarto e guarda-roupa com minha irmã). 
Há algum tempo que deixei de usar algumas calças, e venho usando quase sempre apenas duas. Então por que ficar ocupando espaço com aquilo que não me serve ou não me agrada mais?

Pois bem. Estão vendo as calças da foto ao lado?  
Todas elas "saíram" do guarda-roupa. Meu Deus, são DEZ calças... Mas aí, seguindo um conselho da minha mãe, resolvi separar algumas que estão com cara de novas e são bonitas, que são as três que estão por cima das outras.
Resolvi guardar as três peças, inclusive porque, se tudo der certo como desejado e planejado, logo menos elas vão caber em mim novamente.
Mas a simples ideia de guardar as calças novamente não estava me deixado tão confortável, já que a ideia era realmente causar impacto - se não me serve, não guardo mais!

Foi então que resolvi registrar uma meta e guardá-la junto com as calças:


Decidi que se até 21 de fevereiro de 2014, prazo máximo estipulado para o alcance do meu peso ideal segundo minhas novas metas, é sinal de que dificilmente eu vou usá-las tão cedo. Já não uso essas calças há pelo menos um ano, e se não usar até fevereiro (quase dois anos), sinal de que é melhor deixar elas irem mesmo. Não que eu não acredite em mim mesma, mas não quero deixá-las lá esperando por mim por sei lá eu quanto tempo.
Vou tentar cumprir essa meta e esse desejo. Foi então que me atentei que deveria escrever alguma coisa demonstrando que acredito em mim mesma, sem usar a palavra não. Então escrevi no verso do papel:


As três calças, então, continuam no guarda-roupa, mas com o lembrete no cabide:


FORÇA!!! Pra mim e pra todas que lerem este blog!!
Eu vou conseguir!!!

sexta-feira, 31 de maio de 2013

Em breve: Desapegue-se!!

Imagem retirada de Google Imagens
Estou aproveitando o dia de folga para dar uma arrumada no quarto. Isso não significa apenas faxina, mas também uma conferida em todas as roupas que já não uso mais, seja porque já estão velhinhas, ou, infelizmente, porque não me servem mais. O guarda-roupa tá lotado de roupas que não estão sendo usadas...
Ontem dei uma limpa na sapateira, mas hoje é no guarda-roupa mesmo, bem mais dramático. 
Logo menos vou escrever melhor sobre isso, inclusive colocar algumas fotos que estou tirando...
Até logo!

terça-feira, 28 de maio de 2013

Novas metas

Após a primeira consulta com a médica do programa Vivamil, senti necessidade de atualizar minhas metas. Percebi que o objetivo de perder mais de 10 quilos até dezembro não me estimula de verdade.
Como o prazo é longo, da a sensação de que dá sempre para adiar para depois.  enquanto que o prazo de dois meses para perder dois quilos me motivou bem mais. Já o fato de ter de perder dois quilos em dois meses, meta da médica, me motivou mais, pois se não fizer alguma coisa logo, nem um quilo sequer vou perder, muito pelo contrário...
Parei para calcular o quanto preciso perder para atingir a meta estipulada pela médica  e cheguei à conclusão de que preciso perder entre 300 e 400 gramas por semana. Daí que cheguei à seguinte tabela:



Como pode ser visto na tabela, o marco inicial vai ser na data de 31 de maio de 2013, próxima sexta-feira, já considerando o peso de ontem (66,8 kg). O plano agora é conferir o peso semanalmente, toda sexta-feira.
Sei que se pegar firme posso perder bem mais que isso, mas acho que para começar, 300 gramas por semana já está de bom tamanho, sempre buscando os 400 gramas.
Fazer essa tabela me deixou animada, com vontade de escrever tanta coisa, que nem consigo organizar as ideias... Então melhor parar logo...
Pretendo voltar logo menos, inclusive para atualizar a página "Minha Meta".
Témenos! rs

domingo, 26 de maio de 2013

Finalmente...

... Acabei de ler o Morro dos Ventos Uivantes!!!!!



Eba, posso ir para o próximo agora!!!
Apenas uma semana atrás eu publiquei um post sobre como as coisas estavam paradas na minha vida, inclusive as leituras. Entre elas estava o Morro dos Ventos Uivantes, mas nos últimos dias me deu um negócio e eu decidi terminar de vez esse livro, e até que não foi tão difícil assim. Li as 50-70 páginas que estavam faltando em dois dias...
Tomara que as outras coisas da minha vida também se desenrolem, principalmente a dieta, mas depois da consulta médica Vivamil, estou confiante!
Vamo que vamo!! rsrs

sexta-feira, 24 de maio de 2013

VIVAMIL EMAGRECIMENTO - 1ª Consulta médica

Hoje aconteceu minha segunda participação no programa Vivamil Emagrecimento. Foi minha primeira consulta médica.
Basicamente, AMEI!!
Como eu já descrevi no cantinho do Vivamil Emagrecimento, pra falar a verdade, não aconteceu nada demais. Mas eu digo que amei porque gostei da médica que me atendeu. É uma médica bem jovem e simpática. Disse que vai puxar minha orelha se necessário, mas no momento foi bastante empática.
Conferiu o meu peso. Na balança, meu peso hoje é 66,7 kg, mas a médica disse que iria descontar o equivalente às roupas (e como está frio hoje aqui em São Paulo, as roupas são pesadas), e arredondou para 66 quilos (legal perder 700 gramas de graça assim hein kkkk).
Ela estabeleceu como meta para a próxima consulta a perda de 2 quilos. Ou seja, da próxima vez que me encontrar com ela, o objetivo é eu pesar 64 quilos. Dois quilos em dois meses? Super fácil né, cá entre nós... 
Aí me passou um plano alimentar geral para seguir enquanto não tenho um mais detalhado, feito pela nutricionista. No café da manhã posso comer pão francês, que maravilha!!!! No geral, o proposto não está muito distante da minha alimentação atual. E, claro, fazer exercícios físicos - no mínimo 40 minutos de exercício aeróbico, pelo menos 3 vezes por semana. Embora eu esteja um pouco desanimada a me exercitar, até com esse plano estipulado eu me animei. Já estou pensando, inclusive, a voltar a velha ergométrica pro meu quarto, e ao invés de só gastar meu tempo no Facebook, fazer uma hora de bike todos os dias à noite...
Fazendo um balanço geral, saí de lá motivada, pois senti que dá para cumprir a meta numa boa, sem muito sufoco. Percebi que metas menores estimulam mais, pois o desafio não assusta, já que é fácil.
Enfim, GOSTEI.
Por último, fica a dica de não esquecer o "Passaporte Vivamil", que é onde ficam anotadas as datas de participação. Eu acabei me esquecendo de levá-lo.... Já na recepção a moça me pediu e disse que talvez nem fosse possível marcar a próxima consulta na hora por causa disso. Além disso, o médico também assina lá para constar sua presença...
No final deu tudo certo. Próxima participação, já agendada, só daqui um mês, com a nutricionista e em grupo.

terça-feira, 21 de maio de 2013

A dieta do palhaço

...onde o palhaço é você...

Hoje fui até um restaurante "Do Palhaço" e, não pela primeira vez, me senti um tanto indignada com a política deles.
Olha o diálogo:

- Um lanche x, por favor.
- Refrigerante médio?
- Humm, pequeno.
- Só pode ser médio ou grande [então por que a pergunta anterior?]
- Mas e se eu quero a pequena?? [já até lembrando Procon, código de defesa do consumidor e tal...]
- Se for pequena vai ser mais caro.

Então o pequeno já é o preço do grande? 
Enfim, independente da estratégia de venda deles (que funciona, já que quase todo mundo aceita o grande por ser o mesmo preço do pequeno - quando na verdade é o contrário), na compra de hoje me senti palhaça mesmo. 
"Fazemos um lanche gostoso, fazemos você comer porções bem maiores do que a sua necessidade porque é isso que nossa tabela de preços sugere, o no final, fazemos você virar um obeso" (como no filme sobre esse assunto, é pra super size me mesmo) - A escolha é sua, dizia o papel sobre a bandeja. 

De fato a escolha é minha e a minha vontade nesse momento é de boicotar o Palhaço. 
Pára e pensa: só querem vender. Porções e promoções para vender sempre mais do que o necessário. Pouco importa se faz bem pra saúde dos consumidores... Aliás, pra que pensar nisso se já há um MUNDO de palhaço adictos? É só dar uma olhada na praça de alimentação de um shopping à tarde num sábado... Qual o restaurante mais cheio, sempre?
Pra que pensar em saúde se as pessoas já se acostumaram a comer nossas grandes porções de calorias sem reclamar disso e sempre querendo mais??

Uma confusão de ideias

Deem uma olhada na seguinte foto:


Sabe o que é isso?
São os livros que eu comecei a ler e que estão relacionados a alguns objetivos meus. É Psicologia Cognitiva, Psicologia Organizacional, Material de concurso, Literatura....
Pensando bem, daria pra organizar os meus dias para dar conta de tudo isso, mas quem disse que eu estou conseguindo? Se fosse para me representar bem, esses livros deveriam é estar espalhados aleatoriamente, sem ordem nenhuma...
Detalhe: Olha o Pense Magro aí no meio. Amei o que já li desse livro, mas quem disse que eu "consigo" dar prosseguimento na leitura?
Na verdade, é como se eu tivesse me sentindo cansada, pressionada. Eu sei os meus desejos, penso em objetivos e crio metas, mas no meio do caminho elas me pressionam e eu termino por deixar o assunto de lado, travo, o que me faz também sentir culpada.
O livro "O Morro dos Ventos Uivantes" é um exemplo que deixa isso bem claro pra mim. Estabeleci a meta de que não vou ler outros livros enquanto não terminar de ler o conto da Emily Bronte e o livro Assassin's Creed, que também tá na foto. Logo no começo do livro, a história já me pareceu chata, mas eu persisti. Daí que melhorou um pouco até ficar chata insuportável rs (o que eu acho que está relacionado também ao desejo de ler outras coisas, e não esse livro). Agora faltam umas 70 páginas para terminar, mas eu simplesmente empaquei, e não tenho lido nem uma página por dia mais.... Insisti numas outras 200 páginas chatas, agora não consigo mais 70 rs.
Como eu não terminei esse, também não vou pros outros..
E assim não vou fazendo é nada e as coisas vão se acumulando... Simplesmente não fluem...
Ah, e nesse confusão também se encontra a necessidade de fazer alguma atividade física. De verdade, eu sei que devo, mas não estou nem um pouco afim =( 
Parece que estou me afogando num mar de ideias... SOCORRO!!! rs

segunda-feira, 6 de maio de 2013

A calça nova

Imagina você comprando uma peça de roupa nova para seu guarda-roupa.
Muitos que lerem isso vão reconhecer o quão gostoso é isso. Às vezes, é até uma espécie de terapia (sem excessos, claro), já que é uma forma de cuidar de si mesmo um pouco - eu pelo menos faço isso às vezes rsrs
Mas aí pensa que nem sempre uma roupa nova te traz essa sensação de bem-estar. É o que acontece quando você se vê obrigada a comprar mais roupas em função das que você já tem não te caberem mais...

Hoje comprei uma calça jeans nova para mim, mas o sentimento era um misto de frustração e derrota, já que os números da balança não param de aumentar, e as roupas não conseguem mais conter a gordurinha que insiste em crescer. Daí, o jeito é comprar roupa nova porque pouco do que tenho me serve, ou cabe de forma "confortável".
Pela primeira vez comprando uma peça verdadeiramente de manequim 42, que ficou bem justo... Sei que isso pode não ser nenhum monstro, mas por muito tempo meu manequim foi o 40, às vezes folgado, sem ser eu uma "magra magrela".
A largura da calça, nossa, será que sou eu mesma? Quando mesmo foi que as minhas calças deixaram se ser mais estreitas? Por que isso? Não quero que elas  fiquem maiores ainda...
Pronto, ai a 'felicidade' consumista vai embora, e você se sente derrotada com uma calça nova de troféu...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...